No segundo dia do 4º Congresso dos Jornalistas Portugueses, os meios de comunicação social focaram-se na precariedade do jornalismo e a queda do jornal impresso. O evento decorre no cinema São Jorge, em Lisboa.  

RTP

“Jornalistas em Congresso traçam quadro negro da profissão”

ECO

“Quatro lições de Michael Rezendes no Congresso dos Jornalistas”

Rádio Renascença

“Imediatismo, precariedade e corrida às audiências são problemas da comunicação social”

“Marcelo aos jornalistas: “Sejam anti-poder”

Tomar Notícias

“Quando metade dos jornalistas são precários, o poder político falhou”

Expresso

“Hoje, há medo nas redações. Ou alguém tem dúvidas?” 

“Afirmar o jornalismo (científico)”

Público

“As tendências e os congressos do jornalismo” 

Diário de Notícias

“Congresso dos Jornalistas faz radiografia da profissão: menos e mais precários” 

“Quantos precários há nas vossas redações, diretores?

“Elas são 41 por cento nas redações, mas eles é que estão nas chefias”

Quinta Emenda

“Congresso dos Jornalistas”

CM/CMTV

“Carlos Rodrigues discursa no 4º Congresso dos Jornalistas”

“Segundo dia do 4º Congresso dos Jornalistas”

“CM defende jornalismo rentável e autorregulado” 

Comunidade de Cultura

“Marcelo pede aos jornalistas para não desistirem”

Jornal de Negócios

“Acesso grátis às notícias « foi um suicído quase coletivo» “